A família do paciente em situação crônica de vida: a visão de enfermeiros de um hospital de ensino - DOI: 10.4025/actascihealthsci.1075

Vânia Moreno

Resumo


Este estudo exploratório descritivo, de natureza qualitativa, teve como objetivo apreender como os enfermeiros de um hospital de ensino percebem os familiares enquanto participantes do cuidado. Foram entrevistadas seis enfermeiras de clínicas de pacientes em situação crônica de vida. A análise de dados permitiu inferir que tiveram pouco conhecimento sobre a temática da família durante a graduação, dificultando o relacionamento com os familiares acompanhantes. A convivência durante a internação é marcada por facilidades quando os mesmos colaboram na assistência e por dificuldades ao tentar romper as regras institucionais. Indicam que os novos enfermeiros deverão ter embasamento teórico para atender a família nos diversos cenários do cuidado. Considero que há necessidade de investimento na capacitação de profissionais e que o avanço da humanização dos serviços implica em troca e integração de saberes de pacientes, familiares, profissionais de saúde, equipe de apoio e gestores que extrapolam o campo das ciências

Palavras-chave


enfermagem; família; internação hospitalar; humanização

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascihealthsci.v29i2.1075

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 1679-9291 (impresso) e ISSN 1807-8648 (on-line) e-mail: actahealth@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY