Análise da conduta educativa do enfermeiro psiquiátrico e saúde mental e a educação problematizadora

Luciene Simões Spadini, Sônia Maria Villela Bueno

Resumo


Este estudo objetivou identificar qual o entendimento que os alunos do curso de Especialização em Enfermagem Psiquiátrica e Saúde Mental têm sobre a postura do enfermeiro dessa área de atuação e sua relação com a educação problematizadora. Optou-se por realizar um estudo descritivo exploratório de cunho qualitativo, em interação efetiva do pesquisador com os sujeitos pesquisados e vice-versa. Observou-se que os alunos pontuaram, para conduta problematizadora na assistência à humanização: o diálogo como base para a transformação e construção na relação enfermeiro-paciente; o respeito à cidadania do paciente e o compromisso do profissional para a aplicação concreta da assistência verdadeiramente humanizada, como proposta de atendimento ao portador de transtorno mental

Palavras-chave


enfermagem psiquiátrica; saúde mental; educação problematizadora

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascihealthsci.v27i1.1429

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 1679-9291 (impresso) e ISSN 1807-8648 (on-line) e-mail: actahealth@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY