Administração de medicamentos: a vivência dos alunos em seu primeiro estágio - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v25i1.2246

Maria Dalva de Barros Carvalho, Elisabeth Amâncio de Souza da Silva Valsecchi, Sandra Maria Pelloso

Resumo


Preparar o aluno para desenvolver com competência a técnica de administração de medicamentos tem levado os órgãos formadores a se preocuparem com esse aspecto da função do enfermeiro. O primeiro contato dos alunos com essa técnica é na disciplina de Fundamentos de Enfermagem. Nesse momento o aluno é mais exigido, pois inicia sua prática de campo. O objetivo deste trabalho foi conhecer como os alunos de Enfermagem vivenciaram a prática de administração de medicamentos no primeiro estágio. Foram entrevistados 33 alunos de Enfermagem, que já tinham passado pelo estágio. Os resultados mostraram que os alunos se sentem ansiosos em relação à prática de administração de medicamentos. Os aspectos positivos da vivência referem-se ao desenvolvimento da habilidade técnica, da confiança, da responsabilidade e do conhecimento sobre drogas e seus efeitos. Os aspectos negativos são especificados como pouco tempo de prática, tensão, estresse, dificuldade de associar conhecimento farmacológico com a técnica, risco de acidente.

Palavras-chave


medicação; estágio supervisionado; ensino

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascihealthsci.v25i1.2246

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 1679-9291 (impresso) e ISSN 1807-8648 (on-line) e-mail: actahealth@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY