Alterações morfológicas do sistema nervoso central induzidas em camundongos por Trypanosoma cruzi - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v30i1.4398

Fabiana Ribeiro da Mata, Márcio Christian Rodrigues de Souza, João Roberto da Mata, Ênio Chaves de Oliveira, Tales Alexandre Aversi-Ferreira

Resumo


Crianças até quatro anos de idade apresentam maior susceptibilidade à infecção chagásica com comprometimento do sistema nervoso central. Este trabalho teve como objetivo avaliar o peso corporal, as alterações morfológicas do sistema nervoso central de camundongos inoculados aos dez dias de idade com 4.000 ou 200.000 tripomastigotas do Trypanosoma cruzi e a parasitemia em animais inoculados aos 25 dias com e sem imunossupressão. Os animais foram sacrificados e fixados com paraformaldeído 4%. Fragmentos encefálicos e da medula foram processados pela técnica histológica e corados com hematoxilina/eosina. A parasitemia foi maior nos animais inoculados e imunossuprimidos. Animais inoculados apresentaram ganhos de pesos menores que os controles. No encéfalo, ocorreram ninhos de amastigotas íntegros, nódulos gliais e infiltrados perivasculares. Na medula espinhal não foi encontrado alterações teciduais. Animais jovens foram mais susceptíveis às infecções pelo Trypanosoma cruzi apresentando comprometimento encefálico mais intenso. O isolado estudado demonstrou comportamento compatível com cepa tipo III.

Palavras-chave


Trypanosoma cruzi; doença de Chagas; sistema nervoso central

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascihealthsci.v30i1.4398

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 1679-9291 (impresso) e ISSN 1807-8648 (on-line) e-mail: actahealth@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY