Estudo comparativo da adequação das prescrições e ofertas protéicas a pacientes em uso de terapia nutricional enteral - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v30i2.5984

Vanessa Taís Nozaki, Rosane Marina Peralta

Resumo


O objetivo desse estudo foi de avaliar as prescrições e ofertas protéicas a pacientes em uso de terapia nutricional enteral em dois hospitais da região metropolitana de Maringá, Estado do Paraná. Como metodologia utilizou-se os valores prescritos e o consumo de proteínas pelos pacientes foram obtidos dos prontuários médicos e comparados com as recomendações de consumo diário de proteínas por quilo de peso corporal para cada patologia. Os principais resultados dessa pesquisa foram que apenas 11,43% das dietas prescritas no Hospital A e 22,22% das dietas prescritas no Hospital B estavam corretas com relação à quantidade recomendada de proteínas. Nos dois hospitais, apenas 11% dos pacientes ingeriram a quantidade diária recomendada de proteínas. Pode-se concluir que a terapia nutricional enteral inadequada foi encontrado nos dois hospitais. Este estudo demonstrou a necessidade de melhoras nos serviços de nutrição enteral. Isto pode ser conseguido adotando-se procedimentos de padronização e avaliação regulares dos pacientes.
Palavras-chave: estado nutricional; proteínas; terapia nutricional enteral

Palavras-chave


estado nutricional; proteínas; terapia nutricional enteral

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascihealthsci.v30i2.5984

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 1679-9291 (impresso) e ISSN 1807-8648 (on-line) e-mail: actahealth@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY