Produtos em filme – Inovação na tecnologia de cosméticos - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v32i1.6987

Andreia Maria Sanfelice, Maria da Conceição Torrado Truiti

Resumo


A indústria cosmética tem investido fortemente na pesquisa e no desenvolvimento de novos produtos, para melhor atender as exigências do consumidor. Como inovação neste segmento têm despontado os cosméticos em filme. A partir de uma fórmula inicial, contendo como formador de película um polissacarídeo constituído de maltotriose e como agente gelificante sodium polyacrylate, foram obtidos géis viscosos que foram espalhados em placas de vidro, de maneira a se obter filmes de 1 mm de espessura. Após secagem à temperatura ambiente, os mesmos foram recortados (1 cm2) e acondicionados. Várias alterações foram realizadas a fim de se obter um filme flexível, com rigidez adequada, ausência de rachaduras e de bolhas, fácil dissolução em água e sensorial agradável. As formulações foram submetidas a diferentes temperaturas para avaliação preliminar da estabilidade. Foram desenvolvidos dois produtos, um contendo extratos hidroglicólicos de Aloe Vera e de Rosa Branca, auxiliares no tratamento da acne, e outro contendo extratos hidroglicólicos de Camomila e de Pera, auxiliares no combate a olheiras. Pequenos, leves e finos, os cosméticos em filme representam inovação que pode ocupar o lugar de produtos tradicionais, por proporcionarem maior praticidade e facilidade de uso e de transporte, mantendo a eficácia e a segurança necessárias a um cosmético.

Palavras-chave


cosméticos em filme; polissacarídeo; extratos vegetais

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascihealthsci.v32i1.6987

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 1679-9291 (impresso) e ISSN 1807-8648 (on-line) e-mail: actahealth@uem.br

  

Resultado de imagem para CC BY