Avaliação da erodibilidade de algumas classes de solos do município de Maringá – PR por meio de análises físicas e geotécnicas - doi: 10.4025/bolgeogr.v28i2.10386

Vladimir de Souza, Nelson Vicente Lovatto Gasparetto

Resumo


O destacamento das partículas dos materiais constituintes do solo pode ser medido por diferentes métodos, alguns envolvendo processos demorados e de custos elevados. Nesse trabalho foi analisado o comportamento de quatro tipos de solos utilizando-se um método simples, o da absorção de água (S) e perda de massa por imersão (P). Foi determinado o índice de erodibilidade de amostras de solos arenosos e argilosos dos horizontes A e B. A partir das análises ficou constatado que somente os horizontes A dos solos arenosos apresentaram elevado índice de erodibilidade enquanto que nos horizontes B desses materiais o índice foi baixo. As amostras dos horizontes A e B dos solos argilosos mostraram-se bastante estáveis, apresentando baixo índice de erodibilidade, sendo menor ainda nos horizontes B


Palavras-chave


Destacabilidade de partículas; erosão; textura dos solos

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/bolgeogr.v28i2.10386



ISSN 2176-4786 (on-line) e-mail: dge-boletim@uem.br