A VALORAÇÃO AMBIENTAL NA PERSPECTIVA DA CLIMATOLOGIA GEOGRÁFICA BRASILEIRA - ESTUDO DE CASO NA CIDADE DE MARINGÁ-PR

LAYS REGINA ANDRIUCCI, JOÃO NETO LIMA SANT'ANNA

Resumo


Este artigo visa apresentar uma aproximação inicial entre o clima e a economia. Essa aproximação é fundamentada principalmente na corrente chamada Valoração Ambiental. Para se concretizar essa pesquisa foi escolhida a cidade de Maringá-PR. A metodologia apoiou-se em dois suportes: o climático, por meio de análises de variabilidade da temperatura e precipitação; e o econômico, tendo como base de estudo alguns indicadores comerciais da cidade (ICMS, SCPC, Video-Cheque, Consumo e Consumidores de Energia Elétrica). A aproximação realizada apontou comportamentos distintos das variáveis econômicas em relação aos fatores climáticos precipitação e temperatura: enquanto que na precipitação, a relação apresentada foi mais significativa no aumento das chuvas, o que faz diminuir a movimentação do comércio; no tocante à temperatura, a relação apresentou-se inconstante, a influência ocorre em casos bastante específicos. Os resultados apresentados neste artigo possuem o caráter de testes preliminares por ser uma primeira tentativa de aproximação real entre as variáveis do clima (temperatura e precipitação) com indicadores do comportamento do comércio da cidade de Maringá.


Palavras-chave


Clima; Economia; Comércio; Correlação

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/bolgeogr.v25i1.11776



ISSN 2176-4786 (on-line) e-mail: dge-boletim@uem.br