APLICAÇÃO DA AVALIAÇÃO AMBIENTAL SIMPLIFICADA (ASS) EM FUNÇÃO DO USO DA TERRA EM BACIA HIDROGRÁFICA URBANA

Lucas Camargo Marquezini, Eder Paulo Spatti Junior, Andreia Medinilha Pancher

Resumo


O objetivo fundamental do presente estudo foi realizar a análise ambiental simplificada (AAS) aplicada a uma bacia hidrográfica localizada em ambiente urbano. Desta forma, adotou-se como área de estudo a bacia hidrográfica do córrego Wenzel, localizada no município de Rio Claro (SP). Assim, realizou-se um levantamento e revisão das informações e dos tipos de uso e ocupação atuais da bacia do córrego Wenzel, a seleção de indicadores de impacto ambiental (lixo, processos erosivos, preservação da vegetação; turbidez e odor da água), além da avaliação destes parâmetros em campo. A fim de verificar possíveis impactos potenciais nos corpos d’água e confrontar os dados obtidos com a avaliação dos indicadores, foi realizada a aferição in situ de parâmetros físico-químicos: temperatura (°C), oxigênio dissolvido (mg/L), pH, condutividade elétrica (μS/cm) e sólidos dissolvidos. Ainda, foi utilizado o modelo de Pressão-Estado-Resposta visando propor possíveis estratégias de manejo para os locais analisados, servindo de base para o monitoramento e proposição de ações contínuas de melhoramento da área estudada. Os resultados demonstraram que nesta bacia o parcelamento das terras e a densidade de ocupação são diferenciados, há usos residenciais e industriais, e áreas em processo de aterramento. O corpo d’água sofre intensa variação na qualidade, considerando-se da nascente até a foz, desde os aspectos visuais (turbidez, presença de óleo, plantas aquáticas em suspensão) até os parâmetros físico-químicos, destacando-se os valores de condutividade elétrica (306μS/cm até 112μS/cm) e sólidos dissolvidos (226 mg/L até 81 mg/L), indicando quantidade excessiva de matéria orgânica, inserida no corpo d’água através de ligações de esgoto clandestinas. Em relação à vegetação há porções com gramíneas e arbustivas, bem como arbóreas, no entanto não há o cumprimento das determinações da legislação relativa a Área de Preservação Permanente (APP). Há também, em vários locais, deposição de lixos e entulho. A aplicação da AAS na bacia do córrego Wenzel indicou que 80% dos pontos analisados apresentam um grau alto ou preocupante de impactos ambientais. 


Palavras-chave


Avaliação Ambiental Simplificada. Uso da Terra. Bacia Hidrográfica.

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/bolgeogr.v32i3.19690



ISSN 2176-4786 (on-line) e-mail: dge-boletim@uem.br