SAÚDE E GEOGRAFIA UM DIÁLOGO OPORTUNO: PRESSUPOSTOS PARA A COMPREENSÃO DA REDE PÚBLICA DE SAÚDE EM JATAÍ (GO)

Paulo de Alencar Monteiro Filho, Márcio Rodrigues Silva, Roberta Costa Rocha

Resumo


O caos do Sistema Único de Saúde (SUS) expõe as dificuldades daqueles que necessitam de atendimento. Assim, pessoas sofrendo em macas ou muitas vezes no chão dos hospitais, tornaram-se paisagens cotidianas. Essa dura realidade tem atemorizado os usuários que procuram respostas para esses impasses. O presente trabalho tem como objetivo apresentar alguns fatores que interferem na oferta de serviço de qualidade na rede pública de saúde no município de Jataí (GO). Para esta pesquisa, foram adotados os seguintes procedimentos metodológicos: revisão bibliográfica acerca dos conceitos de redes de saúde; investigação junto a órgãos como a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Prefeitura Municipal de Jataí, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre outros. Foi utilizado os Softwares ArcGis para confecção dos mapas e Excel para organização de gráficos. O trabalho revelou que a rede pública de saúde do município demonstra uma preocupante centralização de serviços no único hospital da cidade que realiza atendimento de urgência/emergência via SUS. Além disso, o crescimento demográfico e das causas externas como a violência, o trânsito e o tráfico de drogas, sobrecarregam as Unidades Básicas (UBSs) da rede de saúde, que assim como o hospital não conseguem atender toda a demanda.

Palavras-chave


Redes de Saúde. Geografia da saúde. Jataí.

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/bolgeogr.v36i3.32956



ISSN 2176-4786 (on-line) e-mail: dge-boletim@uem.br