DETERMINANTES DO PERFIL LOCACIONAL DAS ATIVIDADES PRODUTIVAS NO ESTADO DO TOCANTINS

Nilton Marques Oliveira, Moacir Piffer

Resumo


O objetivo deste artigo foi estimar e analisar os indicadores de análise regional dos ramos de atividades produtivas no estado do Tocantins entre 2000 e 2010. O referencial teórico adotado foi o conceito de economia regional numa perspectiva sobre a teoria de localização dos setores produtivos. A localização das atividades econômicas exerce, cada vez mais, uma influência determinante no desenvolvimento regional. Os modelos de localização foram iniciados por von Thünen, na Alemanha, em 1826, com seu estudo sobre produção agrícola. Utilizou-se da análise regional para estimar o quociente locacional, coeficiente de associação geográfica e o multiplicador de emprego. Os dados de emprego formal foram coletados da Relação Anual de Informações Sociais – RAIS, do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Os principais resultados sugerem que a distribuição percentual entre os 22 (vinte e dois) municípios analisados o ramo de atividades que mais emprega é a administração pública. Palmas, capital do estado, possui grande parte das indústrias de transformações, estas estão localizadas na BR-153, ou próximo ao seu acesso. Os principais ramos industriais são de origem da pecuária, como a carne bovina, e do processamento da soja, da cerâmica, do laticínio, de alimentos e de vestuários. O multiplicador de emprego para o Estado do Tocantins passou de 4, 76, em 2000, para 5, 11, em 2010, ou seja, o estado teve um aumento da sua capacidade de gerar emprego no setor básico para o setor não básico da economia; isso significa que, ao gerar um emprego de base, implica 5 vezes geração de atividade doméstica local para os municípios de todo o estado. Quanto à análise da Associação Geográfica dos ramos de atividades do Tocantins, o setor de indústria de transformação teve associação dinâmica com o comércio, o serviço e a agropecuária.  Esses setores de certa forma drenam e atraem as atividades produtivas do estado.


Palavras-chave


Análise Regional. Estado do Tocantins. Desenvolvimento Regional.

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/bolgeogr.v36i1.34044



ISSN 2176-4786 (on-line) e-mail: dge-boletim@uem.br