O CAPITAL ESTRANGEIRO EM SÃO JOSÉ DOS PINHAIS E ARAUCÁRIA (PR): UMA ANÁLISE DO SETOR INDUSTRIAL

Nayara Fernanda dos Santos, Pierre Alves Costa

Resumo


A partir do momento em que o capitalismo retomou a sua expansão pelo mundo, logo após a Segunda Guerra Mundial, muitos começaram a perceber que o mundo estava tornando-se o espetáculo do processo de internacionalização do capital. A partir disso, o capital começava a perder as características nacionais como norte americano, alemão, japonês, francês e inglês e começava a ganhar uma conotação internacional. Ele deixava de ser importante e de continuar somente crescendo nacionalmente, e passava a ganhar destaque além de uma única fronteira, pois seus espaços de produção cresciam, e cada vez mais ganhavam novas formas de reprodução, não chegando apenas nos países centrais, mas abrangendo também os semi-periféricos e periféricos dentro desta internacionalização (IANNI, 2004). Assim, aconteceu com o Brasil especialmente com o estado paranaense no qual a partir da década de 1990 inseriu-se fortemente no processo de internacionalização do capital. Nesse momento, várias empresas de capital estrangeiro apostaram no estado especialmente no Aglomerado Metropolitano de Curitiba (AMC). Nesse contexto o presente artigo que é resultado da dissertação de mestrado apresentada junto ao Programa de Pós Graduação em Geografia da UNICENTRO tem como objetivo principal apresentar um estudo sobre a presença de capital estrangeiro inseridos em dois municípios do AMC, sendo São José dos Pinhais e Araucária, mostrando como ocorre a internacionalização do capital nos dois municípios a partir da década de 1990, destacando o setor de atuação, quantidade de empresas, e país de origem. Observamos que ambos os municípios apresentaram uma quantidade significante de empresas estrangeiras, sendo 60 em São José dos Pinhais e 22 em Araucária. Portanto, os dois municípios estudados caracterizam-se por uma expressiva presença de investimento internacional; levando a crer que poderá ser ampliada no futuro.Para a construção desse artigo, realizamos: a leitura e reflexão da bibliografia levantada; levantamento e análise dados primários e secundários; entrevistas abertas semiestruturadas; trabalho de campo na área de estudo.


Palavras-chave


Internacionalização da economia; empresas estrangeiras; Araucária; São José dos Pinhais

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/bolgeogr.v37i1.36809



ISSN 2176-4786 (on-line) e-mail: dge-boletim@uem.br