A paisagem rural em Alto Piquiri-PR: uma análise sobre os agrossistemas - doi: 10.4025/bolgeogr.v29i1.9263

Francisco de Assis Gonçalves Junior, Maria Teresa de Nóbrega

Resumo


Para compreender o espaço geográfico, torna-se necessário entender os elementos da natureza, os processos históricos e as conexões entre diferentes níveis escalares. Com base neste referencial teórico, esta pesquisa analisa o funcionamento de distintos agrossistemas através das relações entre as características geoecológicas e as diferentes formas de uso e ocupação dos solos presentes no município de Alto Piquiri, situado em zona de contato arenito/basalto, na região Noroeste do Paraná.  A análise da dinâmica de funcionamento dos agrossistemas adotou a metodologia geral de estudos de paisagem, visando o reconhecimento das diferentes unidades de paisagem presentes no município. Foram correlacionados dados físicos e levantamentos bibliográficos além de observações e entrevistas semi-direcionadas. Seguindo a metodologia proposta, obtiveram-se três unidades de paisagem homogêneas, cada qual possuindo peculiaridades, que ao serem analisadas em conjuntos colaboraram para definição do funcionamento geral dos agrossistemas em Alto Piquiri: a Unidade I está toda inserida sobre o domínio de solos de origem do arenito da Formação Caiuá, a qual apresenta as principais características da expansão do cultivo da cana-de-açúcar, pois as pastagens localizadas sobre o arenito são mais pobres em nutrientes, o que torna muitas vezes o estabelecimento inviável economicamente; a Unidade II, localizada na região mais central do município, mais próxima da área de ocorrência do basalto, apresenta em seus solos teores de argila mais significativos, exibindo uma quantidade maior de estabelecimentos que apresentam culturas como soja/milho, enquanto que o número de lotes que apresentam cana-de-açúcar e gado de corte é menor; a Unidade III apresenta, nos topos amplos das colinas, solos com teores de areia, mas, da alta para a média vertente, estes solos apresentam textura argilosa, característicos do basalto, proporcionando condições físicas para o plantio de culturas típicas de mercado, como a soja/trigo/milho.


Palavras-chave


Uso e ocupação dos solos; agrossistemas; unidade de paisagem

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/bolgeogr.v29i1.9263



ISSN 2176-4786 (on-line) e-mail: dge-boletim@uem.br